Retaliação nível leve

 

Particularmente não acredito em retaliação quando vivo em zona de conforto,explico: a nossa intercessão é sempre sobre uma “cobertura espiritual” e local. Logo,não sou vulnerável e muito menos ultrapasso limites.
Como posso sofrer retaliação?
Ex: Orei por “Joaquim” eu fui retaliada porque fiquei com muita dor de cabeça,e agora?
Não é verdade. Como intercessor você é uma “espécie de espoja”,ao orar,você atrai ou seja,suga tudo que a pessoa possa ter de negativo.
(Ao orarmos por nossas igrejas,se colocando como intercessor nos cultos e até mesmo nas visitas,não sofreremos ‘tais retaliações’ por quê? Por que estamos dentro da zona permitida da ‘cobertura’ da igreja).

Agora,o que precisamos aprender e entender é que: sempre depois de uma oração intercessória ou um trabalho específico,onde saímos da nossa zona de conforto de vez e nunca, vamos precisar fazer uma espécie de ‘oração-limpeza’, O que vem a ser isso?
Uma oração específica repreendendo toda sujeira espiritual da sua vida,da sua casa,da sua família,de seus bens e dos seus animais de estimação.
Esse assunto é muito amplo. Pois existem os níveis de retaliação,e ainda estamos longe dessa “linguagem,comum porém muito rasa de conhecimento.”

Missª.Janne

O INSTINTO DE ROUBO!!!

Deus é fiel
Deus é fiel

O instinto de roubo
…”Sentimento de cobiça à vista da felicidade, da superioridade de outrem: ter inveja de alguém, Sensação ou vontade indomável de possuir o que pertence à outra pessoa:” Formoso o fiz com a multidão dos seus ramos; e todas as árvores do Éden, que estavam no jardim de Deus, tiveram inveja dele. Ez 31.9.
A inveja é um sentimento mesquinho que corrói como câncer. Quem é o invejoso? O invejoso é aquele que não se alegra com o que tem, e ainda quer possuir o que não lhe pertence. A inveja é um pecado contra Deus. O invejoso é incapaz de alegrar-se com a vitória do outro. Ele se destrói, e seu veneno o mata. (meditando na prosperidade de Isaque eu Janne)… A prosperidade de Isaque incomodou os filisteus. O invejoso não ama, está sempre maquinando o mal para o outro. Ele se sente bem quando alguém cai, e pior aplaude…
Os filisteus entulharam seus poços e contenderam com ele. Você já precisou lidar com pessoas invejosas, no trabalho, na igreja, e nos negócios?Já reparou como algumas pessoas sofrem com seu triunfo?
Lembra-se de Eliabe que ridicularizou Davi no campo de batalha por causa do que mesmo? Da inveja. E Saul, que perseguiu Davi durante anos por: inveja. Jesus foi levando à morte, por inveja. Os apóstolos na prisão, por inveja. Sabe qual é a arma dos fracos? A inveja.
“A inveja é o recurso mesquinho dos covardes é o combustível que alimenta a caminhada dos fracassados”…
Engraçado, o nosso sucesso incomoda não apenas os “nossos pares”, como também os nossos superiores… O nosso progresso muitas vezes produz gosto muito amargo naqueles que nos rodeiam. Nossas vitórias muitas vezes nos levarão para o deserto da solidão, para o campo árido da rejeição. Para muitos, nossas conquistas representam uma ameaça que deve ser retirada do caminho a qualquer custo.
Vivemos em uma sociedade onde os fortes tentam subir na vida pisando nos fracos é uma competição incentivada pelos os que deveriam fazer história, mas eles preferem ser mais um neste mundo, e pior fazem discípulos. Muita destas pessoas não vê a vitória como vitória. E sim, elas verem apenas a celebração do sucesso pessoal, e também a derrota dos concorrentes; triste mais é real… Foi o sentimento que alimentou o coração de Abimeleque. Isaque era muito (eu, vc e nós) enquanto lutamos pela sua sobrevivência, Mas quando se torna próspero, nossa presença começou a incomodar os amantes do poder… Você já foi rejeitado por causa de uma vitória? Percebeu como as pessoas têm dificuldade de celebrar nossas vitórias? Já se sentiu ameaçado ou mesmo convidado a se afastar de uma empresa, de uma igreja ou de um clube, por causa das suas conquistas que começaram a incomodar aqueles que buscavam glória para si mesma? O lugar era seco onde Isaque cavava poço. Não tinha como sobreviver sem água, era a maior necessidade, e era a condição de sua sobrevivência, e também para a possibilidade de novas e muitas conquistas. Deus lhe faria prosperar no vale. Contudo, o sucesso de Isaque produziu contenda entre os pastores… O sucesso incomoda o prospero a prosperar, é sempre assim, o triunfo incomoda as “pessoas em volta”, é melhor sofrer o dano do que entrar em briga buscando nossos direitos… Seu pai Abraão o ensinou, assim foi com Ló. Ele abriu mão de seus direitos e deu escolha para Ló, que escolheu a campina, Isaque nos ensina o princípio de que não podemos ser verdadeiramente prósperos sem exercitar o perdão verdadeiro. Uma vida sem o exercício do perdão se torna um fardo muito pesado para nós, porque pessoas não tem paz? Porque não sabem o que é perdoar e pior ainda ficam doentes e morrem com seus venenos e atormentados por seus sentimentos e não tem comunhão com Deus, saiba que a prosperidade não vem como fruto da sua ganância, mas vem como resultado da bênção do Senhor saiba que o seu sucesso sempre incomodará alguém. Os que se alegram com a sua vitória, muito poucos. Sua prosperidade é o sentimento de fracasso de outros. Veja que Isaque enfrentou grandes problemas, mas alcançou grandes vitórias, ser forte é despertar inveja no inimigo; “Deus nos honra quando agimos de acordo com os seus princípios” fato. Nunca pare de lutar Janne.
É por isso que eu afirmo; a inveja é o sintoma de sua incompetência, saiba que: ciúmes é querer manter o que tem. Cobiça é querer o que não tem. Inveja é querer o que o outro tem; e pior desejar (maquiavélico) que ele não tivesse.
Missª. Janne